segunda-feira, 21 de julho de 2008

Robinho é cortado da seleção olímpica e Ramires ocupa a vaga

Como diria aquele velho ditado: "a esperança é a última que morre". Que o diga Ramires (foto), volante do Cruzeiro, que foi convocado nesta segunda-feira por Dunga para representar a Seleção nas Olimpíadas. Ramires, de 21 anos, substituirá Robinho, que foi proíbido de ir à China pelo Real Madrid, supostamente por ter uma lesão no púbis.

O meio-campo do Cruzeiro é apenas o sexto jogador que atua no Brasil a compor o elenco que tentará a inédita medalha de ouro. Os outros são o goleiro Renan, do Internacional; os zagueiros Alex Silva, do São Paulo, e Thiago Silva, do Fluminense; o volante Hernanes do São Paulo e o meia Thiago Neves, do Fluminense. Entretanto, para Ramires, que recebeu com surpresa a convocação, o fato de atuar no Brasil é uma vantagem, já que está em ritmo de jogo, diferente dos jogadores que atuam em clubes da Europa.

Independentemente da alegria do volante cruzeirense, o que não pode mais acontecer é este imbróglio envolvendo os clubes e as seleções olímpicas. Os times não são obrigados a ceder jogadores acima de 23 anos, e com este fato, o time de Dunga não poderá contar com importantes atletas como Kaká, do Milan, e Robinho, do Real Madrid. A FIFA, entidade maior do futebol, poderia instaurar uma posição mais concreta sobre o assunto, que gera muita controvérsia .

Imagem: Divulgação


Luciano Dias

Um comentário:

fábio disse...

O Ramires merece a convocação.ele joga muito.
mas sem o Robinho o brasil fica bem mais fraco