sexta-feira, 25 de abril de 2008

Em jogo de estréias, Galo é derrotado nos Aflitos

"Dos males, o menor". Assim, Geninho resumiu a derrota do Atlético para o Náutico por 3 a 2, no estádio dos Aflitos, em Recife, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O motivo da frase do treinador atleticano se refere ao fato do segundo tento atleticano ter saído no final do confronto, amenizando o revés, já que nesta competição é muito importante marcar gols fora de casa. Com o resultado, o Timbu joga pelo empate na segunda partida.

Na escalação atleticana, estréias de dois gringos: Petkovic (foto) e Castillo. Pet não poderia ter começado melhor, já que logo aos 3min mostrou o que pode render com a camisa alvinegra. O sérvio tabelou com Castillo, driblou o adversário e finalizou cruzado, sem chances para o goleiro Eduardo. Entretanto, o Náutico possui um jogador que é considerado carrasco quando joga contra o Atlético: Felipe. Em 2005, em confronto válido pela Série B, o atacante marcou três gols contra o Galo. No embate desta quarta, Felipe fez dois. O primeiro saiu aos 13min, de cabeça, em uma bola que sobrou para ele na pequena área. O segundo, o da virada, aconteceu aos 32, depois de bela jogada de Wellington, que depois de passar por três jogadores, rolou para trás para Felipe mandar para as redes de Juninho.

Logo no primeiro minuto da etapa complementar, uma desatenção de Gérson, que dominou errado uma bola, desencandeou o terceiro gol do Timbu. Berg, da entrada da área, acertou o ângulo direito de Juninho. Para dar um novo fôlego ofensivo ao ataque atleticano, aos 14min Geninho promoveu a entrada da esperança Renan Oliveira no lugar de Castillo, que sentiu a falta de rítmo de jogo. Aos 20 foi a vez de Almir estrear, entrando no lugar do volante Renan.

Com as mudanças, o Galo ficou mais ofensivo, mas esbarrava na falta de criação no meio, já que Petkovic dava mostras de cansaço. O Náutico atuava nos contra-ataques e em um destes, aos 32, o colômbiano Laborde - novo Acosta segundo a cúpula do Timbu - recebeu excelente lançamento mas mandou por cima da meta de Juninho. Pet, longe das melhores condições físicas, deu lugar a Souza aos 35min. O armador entrou bem e aos 44 cruzou na medida para Danilinho acertar um belo voleio no ângulo direito de Eduardo.

O segundo jogo ocorre na próxima quarta-feira, no Mineirão. Antes, no domingo, o Galo enfrenta o Cruzeiro, em partida de ida da grande final do Campeonato Mineiro.

Outros jogos:

partidas de ida: Corinthians-AL 2 x 0 Juventude; Palmeiras 0 x 0 Sport

partidas de volta: Criciúma 2 x 2 Vasco; Internacional 5 x 1 Paraná; Botafogo 2 x 1 Portuguesa

Os clubes em vinho indicam os classificados à próxima fase


Imagem: Ricardo Fernandes/ Diário de Pernambuco


Luciano Dias