domingo, 6 de abril de 2008

Cielo supera Phelps, vence e quebra recorde dos 100 m livre

Aos poucos, César Cielo (f) vai mostrando que realmente é o nadador que mais tem chance de trazer um ouro olímpico para o Brasil. Muito oba-oba se viu por parte da imprensa chamada chapa branca em cima de Thiago Pereira, após grande performance no Pan-2007. Entretanto, a competição intercontinental estava sem nenhum rival de peso e, por isso, de pouco serviu para medir a força de Pereira em um confronto nas Olímpiadas.

Já Cielo bate sempre de frente com os maiores nomes da natação mundial (o brasileiro mora nos EUA há aproximadamente três anos). Depois de assassinar o batido e eficiente lead, aí vai ele: César Cielo superou o estadunidense Michael Phelps, quebrou o recorde sul-americano e, de quebra, venceu os 100 m livre no GP de Ohio, diputado nesse domingo.

O brasileiro, que treinava e disputava competições universitárias, participou em Ohio pela primeira vez como profissional. Cielo cravou o tempo de 48s34, abaixando a antiga marca continental que pertencia a ele mesmo e havia sido registrada no GP do Missouri (48s49). No sábado, o nadador havia faturado a prata com o tempo de 21s93, três centésimos acima do vencedor Fred Bousquet (FRA).

Kaio Márcio também garantiu o ouro na decisão dos 200 m borboleta com o tempo de 1min57s40, bem distante do atual recorde sul-americano que pertence a ele mesmo (1min55s45). Kaio é outra esperança de medalhas olímpicas, assim como Cielo e Pereira.

Imagem: AP


Thiago Ricci

Um comentário:

España disse...

Recibiches o meu resumo?