domingo, 29 de junho de 2008

Espanha desbanca seleção alemã e conquista a Eurocopa pela segunda vez

Foram 44 anos de espera. Mas, neste domingo, a Espanha quebrou o jejum que perdurava desde 1964 e se sagrou bi-campeã da Eurocopa. Jogando em Viena, na Áustria, a Fúria derrotou a Alemanha por 1 a 0, com gol do atacante Fernando Torres (foto), aos 32min do primeiro tempo.

Mesmo com o desfalque do artilheiro David Villa, que havia se contundido na vitória sobre a Rússia pela semifinal, a Espanha manteve o mesmo futebol de toda a competição. De fato, o time ibérico quebrou o prognóstico de montar boas seleções, mas não conseguir títulos importantes. Já a Alemanha tinha a tradição ao seu lado, já que esta era a sexta final da Eurocopa que disputava, tendo levantado o caneco em três oportunidades.

O título apenas realçou a equipe que mostrou o melhor futebol desde o inicio da competição. Com um futebol vistoso e dinâmico, os comandados de Luis Aragonés mostraram grande entrosamento durante esta Euro. Um brasileiro também pôde comemorar o título. O volante Marcos Senna, naturalizado espanhol, foi titular durante a campanha espanhola e vai concorrer, nesta segunda-feira, ao prêmio de melhor atleta da competição, ao lado de outros nove atletas.

Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters


Luciano Dias