domingo, 21 de setembro de 2008

Rodada tem Goiás vencendo mais uma e Palmeiras encostando no Grêmio

A 26ª rodada do Campeonato Brasileiro teve uma média de 2,8 gols por partida. Destaques novamente para o Goiás, que com uma bela campanha no segundo turno chegou à quarta vitória consecutiva no Brasileirão, e para o Palmeiras, que venceu em casa e encurtou para um ponto à diferença para o líder Grêmio.

Sábado
Fluminense (19º) 2 x 3 Coritiba (8º) - Maracanã
Duelo movimentado e repleto de alternativas. Melhor para o Coxa, que soube aproveitar os erros do Flu (o terceiro gol ilustra a afirmação) e conseguiu se reabilitar no campeonato, após duas derrotas consecutivas. Já o Tricolor, que mostrou tímida reação com Cuca, volta à vice-lanterna. Destaque para o duelo particular entre os atacantes Washington, do Flu, e Keirrison, do Coxa.
Gols: Carlinhos Paraíba, Keirrison (2) (C); Washington (2) (F)

Goiás (9º) 4 x 1 Santos (14º) - Serra Dourada
Mais um triunfo da equipe de melhor campanha do segundo turno do Brasileirão. O Goiás quebrou a invencibilidade santista no returno da competição e logrou a sua quarta vitória seguida no campeonato. Em menos de 15 minutos de jogo, os goianos já venciam por 3 a 0.
Gols: Paulo Baier, Anderson Gomes, Iarley, R. Marques (G); Pará (S)

Atlético-MG (12º) 2 x 1 Náutico (13º) - Mineirão
Paz. Pelo menos nas quatro linhas. Mesmo depois de passar por uma semana tumultuada por causa da renúncia de Ziza Valadares da presidência, o Galo conseguiu, enfím, reencontrar o caminho das vitórias. De virada, o Atlético manteve a escrita de nunca perder para o Náutico no Mineirão (12v e 1e). Já o Timbú, teve interrompida uma sequência de vitórias no segundo turno.
Gols: Renan Oliveira, Vinícius (A); Ruy (N)

Domingo
Figueirense (15º) 3 x 4 Cruzeiro (3º) - O. Scarpelli
Partida aberta em Floripa. Sete gols, incríveis oportunidades perdidas e apenas um cartão amarelo. O Cruzeiro explorou bem o desespero do adversário e, com uma bela atuação da dupla Guilherme e Thiago Ribeiro, chegou ao triunfo. Já o Figueira, em perigosa regressão, atingiu o sexto revés consecutivo no Nacional. O embate marcou as reestréias de Mário Sérgio no comando dos catarinenses e de Maurinho na lateral celeste.
Gols:Guilherme(2), Henrique e Thiago Ribeiro(C); Bruno Aguiar, Ramon e Diogo(F)

Sport (10º) 0 x 0 São Paulo (5º) - Ilha do Retiro
Confronto travado em Recife, principalmente no meio-campo. O São Paulo perdeu a oportunidade de entrar no G-4. O Sport, sem nenhuma pretensão no Brasileiro, caiu uma posição na tabela.

Portuguesa (18º) 3 x 1 Botafogo (6º) - Canindé
Alívio na Lusa. Após assegurar a lanterna da competição na última rodada, o time do técnico Estevam Soares, voltou a vencer depois de seis jogos de jejum. Já o Fogão, com duas partidas sem triunfos, repete o mesmo erro de campeonato anteriores: a irregularidade. Resultado: a equipe saiu do G-4 do Nacional.
Gols: Fellype Gabriel, Edno (2) (P); W. Paulista (B)

Atlético-PR 0 x 0 Grêmio - Arena da Baixada
O empate conquistado fora de casa colocou o Grêmio na liderança do Brasileirão pela 13ª rodada consecutiva. O problema é que o tricolor observa a diferença para o segundo colocado cair a cada semana. Já o Furacão, sem muito vento neste torneio, está em situação preocupante. Os atleticanos estão apenas um ponto e uma posição acima da zona de rebaixamento.

Flamengo (4º) 1 x 0 Ipatinga (20º) - Maracanã
Jogo de uma nota só: Flamengo atacando e Ipatinga defendendo. Com a retranca da equipe mineira, o Rubro-Negro conseguiu furar a rede adversária apenas uma vez, suficiente para que o time carioca volte ao G-4. Em contrapartida, o Ipatinga, que mostra uma evolução no campeonato, retornou à temida lanterna.
Gol: Marcelinho Paraíba

Internacional (11º) 1 x 0 Vitória (7º) - Beira Rio
Crescimento destacável do Colorado. O Inter chegou ao terceiro triunfo no Brasileirão e volta a sonhar com uma vaga na Libertadores de 2009, ano de seu centenário. O gol isolado da equipe gaúcha foi marcado por Alex, de pênalti, em uma falta marcada fora do lance em cima de Nilmar. Já o Vitória, com uma equipe limitada, mas esforçada, deve mesmo conseguir a sua meta: beliscar uma vaga na Sul-Americana.
Gol: Alex

Palmeiras (2º) 2 x 0 Vasco (17º) - Palestra Itália
Ascensão alviverde. A vitória palmeirense aproxima a equipe da liderança da competição. Agora, apenas um ponto separa o time de Luxa do líder Grêmio. Em contrapartida, o Vasco continua "namorando" a zona de rebaixamento. O bagunçado time da Colina perdeu mais uma (não vence há cinco jogos), desta vez na estréia de Renato Gaúcho.
Gols: Diego Souza, Alex Mineiro

Luciano Dias

Um comentário:

Anderson Siqueira disse...

Aê Cruzeirão! Vamo que vamo! Sou brasileiro!