sábado, 27 de setembro de 2008

Massa é pole em Cingapura

Coluna Pedro Rotterdan - Pole position

É com prazer que estréio a minha coluna sobre automobilismo. E nada melhor do que noticiar: Felipe Massa é pole para o GP de Cingapura - o primeiro a ser disputado à noite. Assim, o ferrarista faz história ao largar na frente em corridas noturnas. Mas nem todos os brasileiros se saíram bem. Rubens Barrichello e Nelsinho Piquet não passaram da primeira fase de qualificação.

Três pilotos se destacaram por serem audaciosos. Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Felipe Massa correram no limite e não fugiram um minuto se quer da briga pela primeira fila, passando a todo o momento a centímetros do muro. Outros pilotos, talvez por medo da chuva, optaram pela cautela e não deram ao público o espetáculo esperado.

Um fato a destacar: o bicampeão mundial Fernando Alonso, apesar do excelente desempenho, ficou fora da super pole porque o carro deu pane no motor. O alemão Vettel, que na última prova entrou para história por ser o mais jovem vencedor em um GP, até tentou, mas deixou a reação para a última volta e conseguiu apenas a sexta colocação.

O inglês Hamilton foi mais veloz que Massa em apenas um setor da pista. Então, sai na segunda colocação. Massa fez uma volta perfeita e provou ser o melhor piloto em pistas de rua neste ano. Com 0s 668 milésimos a menos que o adversário, larga na frente.

Para a corrida, os quatro primeiros pilotos da competição ocupam as duas primeiras filas, em posições invertidas. Massa, segundo no campeonato, larga em primeiro, enquanto o líder Hamilton começa em segundo. O finlandês Raikkonen, quarto no campeonato, em terceiro, seguido por Kubica, terceiro na classificação geral.

Nelson Piquet ficou com o 16º lugar. Já Barrichello, o 18º. Para o circuito noturno, já temos a primeira pole. Domingo conheceremos o primeiro vencedor, a primeira batida, a primeira troca de pneus, a primeira desistência (não necessariamente por batida), a primeira polêmica, a primeira...

O circuito

O GP de Cingapura, precursor em corridas noturnas, tem iluminação suficiente para quase cinco estádios de futebol, com mais de 4.500 pontos de iluminação. Por falar em futebol, o túnel de corrida passa por baixo das arquibancadas do estádio da cidade, e ao lado de um lago, o que se assemelha a Mônaco.

O circuito possui 5.067 km. Nele, serão corridas 61 voltas. Total de 309.087 km. A corrida será no sentido anti-horário, no setor 13, o mais lento. Nele, o piloto poderá fazer 80km/h na segunda marcha. Já no setor 7, o mais rápido, o piloto poderá passar de 298km/h na sétima marcha.

Imagem: Reuters

Um comentário:

Anderson Siqueira disse...

Tô garrado pra ver a corrida amanhã. To night! AUhAUhaU! Vai Massa! Hehe!
Abraço.